quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

CIGANA DA ESTRADA - ponto




Quem nesse mundo nunca ouviu dizer

 Quem nesse mundo nunca ouviu falar

 De uma cigana que mora naquela estrada...

 Ela tem sua morada sob o clarão do luar

 Cigana da estrada força poderosa

 Me dê proteção e axé ciganinha formosa...

CIGANA - ponto



 Ganhei uma barraca velha
Foi a Cigana Quem me deu (bis)
O que é meu É da Cigana
O que é dela Não é meu...
Ciganinha puerê, puerá.
 

Ganhei uma barraca velha
Foi a Cigana Quem me deu (bis)
O que é meu É da Cigana
O que é dela Não é meu
Ciganinha puerê, puerá.